Porto Bello

HomeNotícias

Notícias

UMA OBRA DE PONTA

Categoria Institucional - 04/02/2014

UMA OBRA DE PONTA 

Com investimentos de R$ 117 milhões e previsão de entrega para 2014, hospital com 400 leitos é construído na capital do estado de Goiás 

O Estado de Goiás ganha reforço na área da saúde a partir do primeiro semestre de 2014 com a construção do Hospital de Urgências da Região Noroeste, Hugo 2. Localizado na GO-070, Setor Santos Dumont, Goiânia - GO, saída para Inhumas, a nova unidade terá capacidade para acolher 360 pacientes em leitos, e outros 40 em Unidades de Com investimentos de R$ 117 milhões e previsão de entrega para 2014, hospital com 400 leitos é construído na capital do estado de Goiás Terapia Intensiva (UTI). 

O hospital terá 27,7 mil m² de área construída. Além dos 400 novos leitos, haverá sete salas prontas para cirurgia, equipamentos de última geração e capacidade para realizar até mil atendimentos por dia em cirurgia geral, ortopedia, neurocirurgia, cirurgia pediátrica, além de contar com uma ala para pacientes com queimaduras, composta de 15 leitos. 

O Hugo 2 prestará serviços de urgência, emergência, entre outros. Contará também com um auditório para 152 pessoas, um heliponto e aproximadamente mil vagas de estacionamento. 

Também serão oferecidos 250 leitos de internação, dez salas de cirurgia, das quais uma é de Hemodinâmica. Está previsto ainda espaço ambiental aproveitando a área verde, propícia para caminhadas, meditação e relaxamento.  O Governo do Estado informou que esta nova unidade “significa a maior realização na prestação de serviços na área da saúde”. Também foi divulgado que com o funcionamento do Hugo 2, novos leitos e médicos estarão disponíveis. 

De acordo com o Secretário da Saúde do Estado, Antônio Faleiros, o atual Hugo foi criado há 25 anos, quando a população de Goiânia era metade do que se tem hoje. “Atualmente, a

demanda de pacientes ainda é maior que a quantidade de leitos. Por isso estamos criando o Hugo 2”, explica o secretário. 

“Não tenho dúvidas de que esta instituição, o Hugo 2, vai contribuir e muito com a saúde dos goianos”, diz o Secretário Faleiros. 

A Secretaria da Saúde tem previsão de investir na área hospitalar mais de R$ 117 milhões em recursos próprios, até o ano de 2014. A perspectiva engloba, além da construção do Hugo 2, a

criação do Hospital da Mulher, também em Goiânia. 

O Hugo 2 foi dividido em blocos para agilizar o processo construtivo, e a maior dificuldade encontrada pela Porto Belo Engenharia, empresa responsável pela administração desta edificação, foi o curto prazo estabelecido. “Geralmente, para um trabalho deste porte, o prazo ideal é de 15 a 20 meses, e estamos executando em 11 meses. Para tanto, a empresa investiu em planejamento, logística e industrialização dos processos produtivos utilizando maquinário e pessoal qualificado”, contam Celso de Paula e Silva Filho, Presidente da Porto Belo Engenharia. 

OBRAS OTIMIZADAS 

Fundada em 1987, a Porto Belo é uma das empresas mais atuantes no setor de obras públicas e privadas em todo o Brasil. Há 13 anos a construtora administra o Centro de Convenções Goiânia como concessionária do empreendimento. 

A Porto Belo tem por princípio oferecer serviços de ponta em execução de obras civis, comerciais, industriais, de saneamento, entre outras. Mantém um Sistema de Gestão da Qualidade certificada pela ISO 9001:2008 e pelo PBQP-H nível A e tem como política da Qualidade: “Construir e restaurar patrimônio com o foco do cliente”. 

FICHA TÉCNICA 

Nome do empreendimento: Construção do Hospital de Urgência – HUGO na Região Noroeste de Goiânia

Endereço: GO 070, KM 05, Setor Santos Dumont, Goiânia - GO

Área total construída: 27.714,77 m²

Prazo de execução: 450 dias

Tipo de operação: Construção

Engenheiro responsável: Agostinho Alcântara Neto

Início: 03/06/2013

Término: 27/08/2014

 

Texto extraído da revista HealthARQ